25/07/2017

[Livro] O Prazer de Se Cuidar (2007)/ Alex Botsaris

Livro bom, bonito
e barato.

Em apenas 96 páginas o autor, que é médico com especialização em medicina chinesa,  dá várias dicas interessantes sobre como podemos cuidar de nosso corpo e mente.

Nosso corpo é uma espécie de templo e merece ser tratado como tal, com respeito e atenção.

Selecionei algumas das principais ideias:

Autoconhecimento -  só o indivíduo pode saber de si mesmo, cabendo a ele próprio, pelo menos uma ou duas vezes por semana, pouco antes de dormir, parar um minuto e fazer uma anamnese simplificada, um levantamento de sua história e caraterísticas e uma avaliação de eventual sintomas;

Aparência versus saúde - a embalagem sempre pode ser melhorada por meio de cirurgias plásticas e tratamentos estéticos, mas nada disso adianta se o conteúdo não estiver em bom estado e preparado para tudo que a vida pode oferecer;


Caminhos da Vida


  • Intensidade: quanto maior o grau de desconforto gerado por uma perturbação ou indisposição, maiores as chances de ela representar uma desequilíbrio sério;
  • Duração:
  • problemas passageiros não se repetem, são episódios isolados e frutos de desequilíbrios igualmente passageiros, em geral sem importância maior.
  • Já os problemas persistentes, ou que se repetirem a toda hora (como dores, por exemplo, que vão ficando mais frequentes ou intensas), são sinais claros de que algo não está bem no organismo.

Rumo à Reconexão


São recomendados:
  • Exercício físico acompanhado de meditação, algo como ioga ou tai chi chuan;
  • Aumentar a frequência do contato com a natureza e estimular os sentido: sentir cheiro do mato, pisar descalço na terra mergulhar em água natural e corrente (mar ou rio).
  • Fazer exercícios de respiração enquanto se medita.


Ouça o próprio corpo: faça exercício físico todos os dias ou no mínimo três vezes por semana.

Trilha da redescoberta: deve-se buscar vivências prazerosas no dia-a-dia que de algum modo estejam associadas ao ato de cuidar da própria saúde. 

A massagem é a sugestão do autor, pois ela tem por objetivo melhorar a circulação de sangue e de energia no organismo para, em última instância, fortalecê-lo.
Existem vários tipos de massagem como Aiurveda, Tui-na, Shiatsu e massagem sueca.
A prática da massagem exige anos de estudo. Procure um profissional que tenha frequentado uma boa escola, estudado no exterior ou, ainda, que seja recomendado por um médico ou outro profissional especializado.

Limpeza e depuração:


  • Recomenda-se que cada indivíduo consuma por dia, no mínimo, 2 litros ou seis copos grandes de água.
  • Outras opções são sucos de frutas, água-de-coco e o chá, conforme imagem abaixo:




Enfim, o livro dá várias outras dicas, mas o post ficaria muito mais extenso. De toda sorte, espero ter ajudado na interessante tarefa de se cuidar mais de si mesmo.

Grande abraço.


Ps.: O livrinho é barato e pode ser encontrado na estante virtual.

4 comentários:

  1. Gostei da dica. Sempre tive dificuldade de filtrar a técnica da misticidade dos textos orientais. Talvez haja gente que ache um absurdo tirar a parte espiritual de lado mas eu não vejo assim. O conhecimento medicinal chinês é incrível, principalmente no que tange a associação direta entre corpo e mente. A medicina ocidental possui uma dificuldade absurda em relacionar pensamentos, sentimentos e emoções com fatos visíveis e clínicos de um paciente. Exemplo simples. Quando eu fico ansioso ou preocupado com algo por mais de 1 ou 2 dias, minha pele fica mais oleosa.

    Uma coisa que eu não concordo muito com o texto é o lance do copo de água. Isso depende de muitos fatores. Tamanho da pessoa, umidade relativa do ar da cidade que mora, atividade física etc. Só se existe uma explicação médica que desvincula tudo isso, aí eu não sei kkkkkkkkkkk
    Abração Scant!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O copo de água é relativo, eu sei. Mas como não se sabe a quantidade certa é melhor beber mais e perder na urina do que ter os problemas da desidratação.

      abç!

      Excluir
    2. Tipo. Melhor sobrar que faltar. ^_^ Eu lembro de ter lido em algum lugar que mesmo aquela "sedinha" leve que a gente sente já é sinal de desidratação. É o corpo pedindo água. Dizem que o ideal é beber antes de sentir sede. A sede já é o alarme.

      Excluir
    3. Sim. Na dúvida, beba água mineral. :)

      Excluir

Seu comentário é o nosso pagamento.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...